Como prospectar/qualificar um Operador Logístico/Transportador?

18/04/2010 at 8:00 am Deixe um comentário

Primeiramente deve-se desenhar com os demais setores envolvidos internamente todo o fluxo de expedição e entrega de mercadorias desde a descida do estoque, trâmites Fiscais, expedição, trânsito e entrega. Calcular o tempo que a mercadoria leva para ser entregue ao transportador na doca de expedição e quanto tempo o transportador leva para entregar a mercadoria no cliente final. Uma vez com o transit time(1) completo calculado, prospectar fornecedores conceituados e sólidos através de experiências anteriores, consulta á órgãos de classe e rede de networking(2), iniciar a tratativa comercial, entregar um desenho da operação e KPIs(3) exigidos ao transportador e fazer com que ele apresente sua réplica.

Caso positivo, avaliar In Loco(4) as instalações do prestador (armazém/frota/ pessoal/localização/TI) na base de origem e também nas bases de recebimento e entrega, exigir documentação pertinente (Apólices de Seguro válidas, SASSMAQ(5), ANVISA(6), etc, quando aplicável).  Cumpridas às exigências acima, a gama de prestadores de serviço habilitados e conceituados cai vertiginosamente.

Contratos de transporte devem ser de no máximo um ano, prorrogáveis, com cláusulas de cancelamento por baixa produtividade se necessário, e anualmente abrir-se tomada de preços ao mercado para balizar os preços praticados em geral e conhecer novos prestadores que venham á entrar no mercado.

Uma vez efetivado, o transportador deve ser capaz de nos atender em todas as questões de mercadorias em trânsito: Rastreamento, atendimento á sinistros, SAC, contas a pagar, contas a receber, atendimento fora de horário comercial, etc. A obrigação é do transportador se adequar ao nosso negócio e não o inverso. O pós-vendas é tão ou mais importante que o início de parceria, daí a obrigatoriedade via assinatura de Contrato de se manter os SLAs(7) acordados entre as partes.

(1) Tempo de Trânsito desde a coleta até a entrega no destino final
(2) Rede de Networking: Rede de relacionamentos no mercado
(3) Key Performance Indicators: Indicadores de performance e desempenho
(4) Do Latim: Em loco/pessoalmente
(5) Sistema de avaliação de saúde, segurança, meio ambiente e qualidade
(6) Agência Nacional de Vigilância Sanitária
(7) Acordo de nível de prestação de serviços desejada

Por Orlando J. Junior. Graduado em Administração de Empresas com Habilitação em Comércio Exterior, Pós-Graduado em Logística Empresarial e Supply Chain com Extensão em Logística, Distribuição e Terceirização de Transportes pela FGV-Fundação Getúlio Vargas-SP.


Entry filed under: Logística. Tags: .

Como aumentar o nível de serviço de logística de distribuição sem, necessariamente, aumentar o custo da operação? 22 de Abril – Dia do Planeta Terra. Você sabia?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTATOS

TELEFONES:
11 2446-2565

EMAILS
jove@jovelogistica.com.br

Siga a Jove no Twitter

Mês

Visitantes

  • 194,210

Páginas


%d blogueiros gostam disto: