Posts tagged ‘Desempenho’

10 Dicas para Medir o Desempenho de sua Transportadora

Transportar Se você acaba de contratar uma transportadora, ou quer avaliar o desempenho de sua atual,   seguem 10 ideias para que você obtenha dados objetivos. Faça uma tabela, dando uma nota de 1 a 10 em cada um dos aspectos, e dê também um peso para cada item (de acordo com suas prioridades). Desta forma, multiplicando o peso pela nota e somando todos os itens, você terá uma avaliação final da transportadora.

Esta avaliação tem 2 objetivos:

  1. Comparar a avaliação de diferentes transportadoras.
  2. Indicar à sua transportadora os pontos de melhoria e medir sua nota ao longo do tempo.

Seguem as dicas:

 

1. Desempenho no recolhimento: A transportadora deve cumprir seus horários de recolhimento de material. Atrasos podem causar problemas na distribuição de seu material, horas extras para seus funcionários e outros custos. As estatísticas de atraso devem ser fornecidas pela transportadora.

 

2. Entregas sem atraso: Da mesma forma, você deve ter dados claros sobre os atrasos nas entregas de seu material e dos impactos que são causados para seus clientes.

 

3. Reclamações: Entregar um material a tempo não importa muito se o material chega danificado. Qual a velocidade de solução das reclamações? Qual é a porcentagem de serviço sem reclamações? Qual é o índice de reclamações para cada um de seus clientes? Novamente, estas estatísticas devem ser fornecidas pela transportadora.

 

4. Exatidão no faturamento: Este item muitas vezes é deixado de lado, mas a realidade é que erros no faturamento custam tempo e dinheiro a sua empresa. A transportadora deve ter um sistema eficiente de faturamento, colhendo dados da forma mais automatizada possível e reduzindo o risco de erro humano.

 

5. Website interativo: Um bom indicativo do nível de serviço da transportadora é a interatividade de seu website. O ideal é que você tenha uma forma de rastrear entregas, solicitar recolhimento de material e obtenha relatórios sobre todos os aspectos da entrega. Podem ter também informações úteis como tempos de trânsito, cálculos de custos de frete, etc.

 

6. Treinamento: Avalie também o treinamento que é dado aos funcionários da transportadora. Devem ser medidos: a regularidade do treinamento, o nível atingido no treinamento, e a formação de profissionais com curso superior na equipe. Este é um indicador que o levará a conhecer o comprometimento da transportadora com um serviço de alta qualidade.

 

7. Gerenciamento de contas: A transportadora deve ter processos e sistemas que identifiquem os pontos de melhoria e garantam ações corretivas. Por exemplo, se 98% de suas entregas são entregues a tempo, eles devem ter uma visão clara do que acontece com os 2% de atrasos e um plano para redução dos erros.

8. Centralização do atendimento ao cliente: É importante a existência de uma fonte de informações centralizada para todos seus dados na transportadora. Sua empresa não deve ter que gastar tempo procurando pessoas e dados sobre suas entregas, faturas, relatórios, etc.

 

9. Boa comunicação: Uma boa transportadora deve ter uma comunicação eficiente com seus clientes, para que estes participem do processo de tomada de decisão e ajudem na melhoria contínua do serviço oferecido. Se eles não possuem um programa aberto de comunicação com seus clientes, questione. Uma comunicação forte é a base de uma parceria eficiente.

 

10. Agilidade de resposta: Você deve conseguir falar com profissionais experientes de cada departamento da transportadora sempre que precisar. Os canais de comunicação devem ser abertos, e orientados a resultados. Na hora dos problemas é quando você verá a verdadeira eficiência de seu cliente.

Fonte:  Portal O Gerente, autor Luiz Paiva

26/08/2009 at 12:32 pm Deixe um comentário


CONTATOS

TELEFONES:
11 2446-2565

EMAILS
jove@jovelogistica.com.br

Siga a Jove no Twitter

Mês

Visitantes

  • 206,115

Páginas